O "novo mandamento" de Cristo substitui o restante da lei?


Há uma afirmação no livro de João capítulo 13, verso 34 onde diz que Cristo nos deu um novo mandamento. Devemos arrazoar a partir disso que todos os outros mandamentos de Deus estão abolidos pois nos foi dado este os substituindo? 


 

“Novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros” - João 13:34


 

Cristo disse em Mateus 5:17-18 de que não veio abolir a lei de Deus e sim, torná-la plena. E de que seria enquanto céus e Terra existirem, absolutamente nada da lei deverá ser retirado.

 

Mas muitos cristãos entendem de que tal "novo mandamento" simplesmente substitui toda a lei de Deus e suas dezenas de santos mandamentos.

 

Portanto, em seu mandamento aos discípulos sobre o amor, Cristo queria que eles tivessem o amor em um sentido mais ampliado e mais santo do que em tempos passados. 

 

Em seu ministério, ele pregou a suma importância do amor como a condição irrevogável para se conseguir cumprir os mandamentos da lei de Deus quando disse em Romanos 13:10:

 

"O amor não faz o mal contra o próximo. Portanto, o amor é o cumprimento da Lei."

 

E na passagem de Marcos 10:17-21, quando ele foi questionado sobre o que deve ser feito para se alcançar a salvação, deixou muito bem esclarecido de que devemos guardar os mandamentos de Deus e praticar o amor e caridade para com o próximo pois a obediência à lei deve caminhar de mãos dadas com o amor. Vamos ler:

 

"E, colocando-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, indagou-lhe: “Bom Mestre! O que devo fazer para herdar a vida eterna?”  Replicou-lhe Jesus: “Por que me chamas bom? Ninguém é bom, a não ser um, que é Deus! Tu conheces os mandamentos: ‘Não matarás, não adulterarás, não furtarás, não dirás falso testemunho, não enganarás ninguém, honra a teu pai e tua mãe’”. Ao que o homem declarou: “Mestre, tudo isso tenho obedecido desde minha adolescência”. Então Jesus o olhou com compaixão e lhe revelou: “Contudo, te falta algo mais importante. Vai, vende tudo o que tens, entrega-o aos pobres e receberás um tesouro no céu; então, vem e segue-me!”.

 

Queria que amassem uns aos outros não como o mundo interpreta o amor: egoisticamente, que obedece aos nossos próprios interesses. Por Sua vida, Cristo havia posto diante deles um exemplo do que realmente é o amor verdadeiro e altruísta, amor como jamais tinham testemunhado sobre a Terra.  

 

Jesus disse em João 15:9 de que ele nos amou assim como Deus o amou e que permaneçamos neste amor. Nesta frase, conseguimos ver a dimensão do amor no qual ele se refere. Um amor totalmente incondicional ! E no verso 13, ainda ressalta de que “não existe amor maior do que dar a vida pelos seus próximos”. 

 

Então Cristo trouxe de volta uma forma de amar totalmente esquecida pelos judeus. Um amor e misericórdia ordenado pelo Criador desde os primórdios.

 

 ✔  Nesse sentido, seu mandamento poderia ser descrito como novo. Eles deveriam não simplesmente amar uns aos outros, mas amar como Cristo os tinha amado. 




 

Este novo mandamento jamais poderá ser utilizado para tentar invalidar os mandamentos de Deus pois ele é complementar e não substitutivo.

20200724_145450.png
20200724_145040.png
20200724_144508.png

Estudos &

Análises

Sobre a CCB

Informações

& Curiosidades

ESTA NÃO É A PÁGINA OFICIAL DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

Os estudos, análises e opiniões presentes nesta página e no canal não são provenientes do ministério da CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL e sim, feitos por mim de forma independente.

C.C.B. ESTUDOS - Centro de Capacitação Bíblica