É lícito fazer o bem no sábado

Temos uma passagem bíblica muito conhecida em que Jesus faz uma afirmação na qual muitos adotam como uma recusa à observância ao mandamento do sábado. Vamos ler:

 

“Ora, quanto mais vale um homem que uma ovelha? Logo, é lícito, nos sábados, fazer o bem.” - Mateus 12:12


 

Primeiramente que, quem ensina a forma lícita de se praticar algo não está abolindo a prática, mas confirmando a prática.  

 

 

Vamos ver as definições do vocábulo “lícito":

 

adjetivo substantivo masculino

 

  1. que ou o que é justo ou permitido.

  2. que ou o que é conforme à lei


 

Então conforme podemos averiguar; “lícito” é algo em conformidade com a lei (algo que a lei permite),  da mesma forma que “ilícito”, é algo que a lei proíba.

 

Como Cristo diria que algo é em conformidade com a lei se tal lei não existisse mais? 

 

Quem conhece de fato as escrituras sagradas desde Gênesis até Apocalipse, e em específico ao assunto abordado que se refere ao dia do sábado, sabe perfeitamente que não existe em nenhuma linha do tal mandamento (Êxodo 20:8-11 e Isaías 58:13), alguma proibição que tange em fazer o bem á alguma pessoa ou á algum animal. Vamos ler passagens referentes:

 

"Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades. Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou." -  Êxodo 20:8-11 



 

"Se você vigiar seus pés para não profanar o sábado e para não fazer o que bem quiser em meu santo dia; se você chamar delícia o sábado e honroso o santo dia do Senhor, e se honrá-lo, deixando de seguir seu próprio caminho, de fazer o que bem quiser e de falar futilidades, então você terá no Senhor a sua alegria, e eu farei com que você cavalgue nos altos da terra e se banqueteie com a herança de Jacó, seu pai. " Pois é o Senhor quem fala.”  -  Isaías 58:13,14


 

Como você pode ver, não há nenhuma proibição da parte de Deus em se fazer o bem no dia do sábado. A proibição é de  trabalhar, realizar negócios no sétimo dia.

 

Vamos também analisar o trecho do manuscrito massorético sobre tal proibição:

 

A palavra que está em Êxodo 20:10 proibindo o trabalho ("não farás trabalho algum"), no hebraico é  מְלָאכָ֡֜ה (melakah). 

Melakah significa trabalho profissional, trabalho servil.


 

A problemática dos judeus da época de Cristo é que, pelo fato dos israelitas serem tão afligidos pela ira de Deus no decorrer da história pelo fato de profanarem o sábado e as demais leis, criaram leis complementares tornando os mandamentos PESADOS. E isso não ocorreu somente com o mandamento do sábado e sim, sobre diversos outros. (Leia Lucas 7:6-13, Mateus 23:1-7 e Lucas 11:44-46.)

 

Era definitivamente proibido cuspir no chão, catar do chão algo que derrubou, tomar banho, escovar os dentes, pentear o cabelo, socorrer algum necessitado, escrever, caminhar além do que um arremesso de pedra alcançasse e etc.

 

Veja as palavras de Cristo censurando os judeus por tornarem os mandamentos algo praticamente insuportável de serem guardados: 

 

“E ele, respondendo, disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios,Mas o seu coração está longe de mim; Em vão, porém, me honram, Ensinando doutrinas que são mandamentos de homens. Porque, deixando o mandamento de Deus, retendes a tradição dos homens; como o lavar dos jarros e dos copos; e fazeis muitas outras coisas semelhantes a estas. E dizia-lhes: Bem invalidais o mandamento de Deus para guardardes a vossa tradição.” - Marcos 7:6-9  

 

 

Os fariseus no decorrer do tempo criaram leis suplementares sobre os mandamentos de Deus os tornando pesados e injustos. Criando uma doutrina totalmente herética e excessiva.

 

Conforme podemos ver, o que impedia de Jesus praticar o bem no santo dia de sábado não era o mandamento, e sim, as tradições dos fariseus . Pois uma breve análise do quarto mandamento nos deixa muito claro que não há impedimento de socorrer a alguém ou colher frutos para matar a fome.

Como Cristo diria que uma ação é permitida perante uma lei que não mais existe? No caso Ele diria que o sábado não era mais válido como mandamento e não ensinaria que fazer o bem é LÍCITO.

 

Jesus Cristo não somente guardou como ensinou correta guarda do sábado. E devemos seguir os seus passos!

 

 

"Porque nisto consiste o amor a Deus: obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados." - 1 João 5:3 

20200724_145450.png
20200724_145040.png
20200724_144508.png

Estudos &

Análises

Sobre a CCB

Informações

& Curiosidades

ESTA NÃO É A PÁGINA OFICIAL DA CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL

Os estudos, análises e opiniões presentes nesta página e no canal não são provenientes do ministério da CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL e sim, feitos por mim de forma independente.

C.C.B. ESTUDOS - Centro de Capacitação Bíblica